setembro 20, 2012

Arquiteturas do Brasil!

Olá amigos e amigas.
Bom dia pra vocês!
Hoje o nosso post é para mostrar um tipo de arquitetura que fez a História do nosso Brasil.

As fotos são de autoria do excelente fotógrafo Mario Miranda da Agência Foto, uma empresa que realiza trabalhos fotográficos para diversos segmentos do Mercado.

Falar de Ouro Preto, vendo as lindas imagens, é muito emocionante, e é também uma forma de revivermos o passado, através das marcas deixadas na arquitetura, pelo nosso extenso e maravilhoso país, com uma diversidade de cultura, influência, costumes, e uma magia especial que invade as nossas almas quando valorizamos e nos sentimos orgulhosos pela vastidão do verde das matas, do céu azul, das várias riquezas, e da paz de um povo amigo, irmão e cristão, sobretudo.

Amamos o nosso Brasil, e é com muito orgulho mesmo que falamos desse amor e da alegria de sermos brasileiras por natureza!

Não somos mineiras, somos paulistas, mas o coração pertence a essa terra querida e amada, portanto, todos os estados estão no nosso peito, e cada um com a sua riqueza e a graça deste país continente.

Colocamos esse vídeo que fala da estrada real, uma estrada de muita história, e de muitas vidas....

Que todos nós possamos trilhar as estradas das nossas vidas com amor, fé e gratidão, e o coração dentro do peito ampliado na compreensão de que cada um de nós pode deixar uma marca pequena ou grande, boa ou ruim na vida de um povo, e de uma nação!

Todos nós construímos uma história, e essa história faz parte de uma História com H maiúsculo.
Pensemos nisso!
Beijão pra vocês e que vocês possam curtir o post viajando nesse cenário lindo!







Com muita riqueza, arte e fé, a cidade histórica de Ouro Preto é considerada como uma das mais importantes cidades do nosso país.













Visitar a cidade de Ouro Preto é uma experiência inesquecível e, embora não pareça, livre para todas as idades. Fundada no início do século XVIII, Ouro Preto é uma obra prima da arquitetura e da arte colonial brasileira, tendo sida declarada patrimônio da humanidade e tombada pela UNESCO.
































Com arquitetura colonial, suas construções, casarios e igrejas ao longo das ladeiras de pedra compõe um estilo muito rico e marcante.









Seus monumentos e obras de arte denotam uma arte própria, com grande riqueza de detalhes, refletindo a existência de artesãos e artistas que criaram alguns dos principais monumentos da arte barroca brasileira em seu estilo mineiro. Permanecem vivas como exemplo desse período de grande inspiração criadora as pinturas de Manoel da Costa Athaíde e as esculturas do genial Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.
























Em setembro de 1980, Ouro Preto foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e, nos anos seguintes, foram criadas no entorno do perímetro tombado três unidades estaduais de conservação: o Parque Estadual de Itacolomi, a Estação Ecológica do Tripuí e a Área de Proteção Ambiental (APA) da Cachoeira das Andorinhas.














A cidade se encontra incrustada entre montanhas, oferecendo um cenário ao mesmo tempo belo e misterioso e nos apresentando como uma cidade que mistura passado e presente, com seus casarões em estilo barroco e construídos com pedras enormes, que também caracterizam suas ruas.































Embora a maioria dos imóveis tombados esteja em razoável estado de conservação e com usos compatíveis com suas estruturas, o trânsito de veículos, sem hierarquização do sistema viário e com carência de áreas para estacionamento, vem causando danos físicos às estruturas de pedra, pau-a-pique e adobe das edificações históricas.





A impressão que nos dá chegando na cidade é que ela só pode ser visitada por pessoas bem dispostas à enfrentar ladeiras íngremes e longas. Mas com a curiosidade de sempre ver mais um pouquinho da cidade os visitantes acabam subindo mais uma ou duas.


















O maior conjunto barroco do mundo. Uma cidade setecentista em pleno séc. XXI.





















































Olhando tudo o que foi construído dá para imaginar o barulho incessante das ferramentas, igrejas se elevando ao céu, quilômetros de túneis ocultando conchavos;
é isso que fascina em Ouro Preto.

































A antiga Vila Rica foi palco da vaidade, da soberba, da competição e da genialidade humana. Sentimentos muito atuais hoje, mas que naquela época eram
traduzidos com estilo, com orgulho. A arte era resultado de anos, da paciência e da entrega absoluta.








A cidade possui 13 grandes igrejas, vários monumentos e prédios públicos. Entre as principais igrejas, destacam-se as matrizes de São Francisco de Assis, N. Sra. do Carmo, de N. Sra. do Rosário, N. Sra. do Pilar e N. Sra. da Conceição de Antônio Dias. Outros roteiros importantes: Casa dos Contos, Museu da Inconfidência, Museu de Mineralogia e Museu do Oratório.









5 comentários:

  1. Gente sou louca pra conhecer Ouro Preto! Esta postagem só vaio aumentar o meu desejo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, é simplesmente maravilhosa, é diferente, linda! Beijos! Vá conhecer, você vai amar!

      Excluir
  2. Muito linda mesmo. Por vezes, tive a impressão de estar em uma cidade cenográfica, tipo àquelas montadas no Projac rsrsrsrsrs E com tantos morros, haja disposição para subir tantas ladeiras. Minha coluna não me deixaria participar de uma aventura destas rsrsrsrsrs Olhando as centenas de janelinhas, fico pensando como seria lá dentro. Pisos de cerâmica, azulejo hidráulico, azulejo português. O tamanho dos banheiros, que é uma coisa que me fascina em casas antigas, nessas então, devem ter banheiras vitorianas. Aqueles quartos enormes, nascendo de um comprido corredor. Obrigada pela viagem. Não conheço pessoalmente, mas, não só Ouro Preto, gostaria muito de conhecer todo o estado de Minas. São dois estados que tenho muita vontade de conhecer, o outro é Rio Grande do Sul, esta eu já quero conhecer mais o interior, com aquelas casas de madeira de construção alemã. Mas isso é uma outra história. Quero aqui, só parabenizá-las, mais uma vez pelos posts. Uma ótima sexta-feira pra vcs. Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana, como eu disse pra Gerliane, outra amiga que comentou, Ouro Preto é uma cidade linda demais. À noite a iluminação dá um ar de mistério, você sente a presença da História em todo canto. Tem uma energia muito forte a cidade. Eu amei! Conheci em 1992 e fiquei numa pousada bem no centro, na praça Tiradentes. Todos os móveis antigos, aquela parede enorme, aqueles janelões, é indescritível mesmo, só sentindo a emoção de estar lá. Você entra nas Igrejas e vê de perto as pinturas, a arte sacra, é muito bacana mesmo. Conhecemos os parques, as reservas, um outro lugar lindíssimo é o Mosteiro do Caraça, que data de 1700 e pouco, é onde tem os lobos guarás, eles vem comer a carne na sua mão. Dormimos uma noite no Mosteiro, conversamos com os padres, tudo é feito por lá, o café da manhã era uma delícia, feito por eles. O nosso Brasil é lindo demais, e Minas Gerais é mais um estado belíssimo. Conheço boa parte do Rio Grande do Sul também, e lá o charme é a Serra Gaúcha, parece que você está na Europa, com as construções estilo enxaimel, outro tipo de arquitetura bela demais. Temos um post sobre o estilo enxaimel, você vai adorar! Beijão amiga querida e uma ótima sexta pra você também, se cuida heim!

      Excluir
  3. Que beleza de fotos! Gostei muito. Ouro Preto é uma cidade mágica, apesar de estar sofrendo com a expansão urbana sem controle. No entrono da cidade bairros quase favelados crescem sem a intervenção das autoridades. Mas você deu a maior prova da grandeza da cidade!

    ResponderExcluir

Olá, amo comentários!
Mas, desculpe-me se demorar em responder, a minha vida é uma correria e no tempo livre faço essas postagens que compartilho com você com muito carinho.
Obrigada pela sua visita, seja sempre bem-vindo (a)!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...