fevereiro 11, 2012

Feng Shui, traz harmonia para o lar!

Olá amigos e amigas.
Boa noite gente, hoje foi tão corrido que só agora deu tempo de escrever e postar algumas idéias baseadas nos conhecimentos da arte milenar do Feng Shui.
Feng Shui é uma antiga arte chinesa de criar ambientes harmoniosos. Seus diagnósticos e resoluções são capazes de resolver quase todos os problemas que envolvem uma casa e as pessoas que moram nela.
A tradução literal do termo Feng Shui é Vento-Água.
É uma técnica muito bacana para ser estudada e aprendida, pois existem escolas diferentes e até mesmo antagônicas, aqui somente comentaremos os benefícios dessa arte, porque cada caso é um caso e cada residência também, portanto falaremos um pouquinho do Feng Shui, mas de forma geral.
Para isso é importante começarmos lembrando que tudo na natureza muda e nada permanece estável, e isso nos permite observar o símbolo do yin e yang como representação desse eterno processo de mudança.
Isso é essencial!

Símbolo Yin e Yang.


Tudo está em constante transformação e é por isso que eu sempre digo que temos que expandir a nossa mente e se abrir para pelo menos conhecer o novo, assim tudo fica mais fácil quando temos um espírito desprendido, evitando dessa forma um enrijecimento mental, que pode nos conduzir à sérias dificuldades de saúde até.
Por exemplo, muitas pessoas são apegadíssimas às suas coisas materiais, e assim não se desfazem de coisas que entulham a casa, sempre guardam pensando que poderiam futuramente usar.
Tá certo, muitas coisas devemos guardar mesmo, porque sabemos que serão usadas, mas inúmeras pessoas acabam deixando uma desordem na casa, e um acúmulo de coisas por constantemente pensarem assim. Isso não atrai energias favoráveis e benéficas. 
Nossa, me lembrei do programa "Acumuladores" no Discovery Home & Health.
Nesse programa vocês podem ver a que ponto pode chegar a bagunça, chega a ser uma desordem psicológica que devemos evitar desde o início.
Quando trabalhei num Centro de Saúde em Campinas, fomos visitar uma casa que estava com problema da presença do Aedes Aegypti, o mosquito da dengue. Vocês não imaginam o problema que havia na casa da pessoa, um piloto de avião aposentado e que havia se separado da espôsa e dos filhos.
A casa era nos fundos de um terreno bem grande, e gente, se vocês vissem, só havia uma passagem bem estreitinha que ia do portão até a porta da casa dele. No terreno inteiro e mesmo dentro da casa dele era cheio de coisas entulhadas, tipo do programa Acumuladores.
Mas esses assuntos também são ligados à desordens e transtornos psicológicos, que daria uma outra postagem, mas somente para lembrar de que a harmonia tem que ser completa, mente, corpo, e espírito. E a nossa casa exterior reflete muito a nossa casa interior, que tem que estar em perfeito estado.
Um dos principais pressupostos do Feng Shui é de que o homem constrói habitações à sua imagem e semelhança. Essa não é uma afirmação difícil de comprovar.
Não podemos nem começar a aplicar os conhecimentos do Feng Shui sem ter arrumado primeiro a bagunça.
Comecemos por nos desvencilharmos de coisas sem uso, sem finalidade, estragadas, quebradas, plantas mortas ou que estão definhando, e tudo que lembre energia estagnada.
Uma das primeiras dicas é fazer reciclar a energia da casa e posteriormente criar ambientes harmônicos com a técnica de Feng Shui.
É importante salientar uma coisa: o fanatismo, seja ele em qual nível que se aplique, nunca é benéfico, trazendo resultados que às vezes podem ser destrutivos e nos afastar do caminho da sabedoria. Em Feng Shui isso é uma grande regra a se seguir.
Portanto, temos que fazer melhorias sempre, mas sem neuras de sair mudando tudo dentro de casa, isso não é equilibrado e harmônico, gera ansiedade, e descompensa a balança.
Os grandes Mestres de Feng Shui do passado praticavam, juntamente com essa arte, a Medicina Tradicional Chinesa e também o Chi Kun o Tai Chi e o Nai Kun. Tais práticas sempre estiveram juntas, pois um médico chinês entende que se uma pessoa tem algum problema, isso foi gerado por alguma razão. Assim, ele vai até a casa do paciente olhar o que pode estar errado e o que pode ter gerado a desarmonia, conseguindo, assim, duas formas de diagnóstico e tratamento. Infelizmente, hoje em dia as coisas são bem diferentes, a maioria das pessoas nem se lembra, ou talvez desconheça que vários outros fatores influem no bem estar e equilíbrio, tanto nosso, como da nossa residência.
A casa pode ser linda, bem construída, bem decorada, mas lembrem-se sempre que a beleza e a saúde andam de mãos dadas criando o equilíbrio necessário.
O certo mesmo, é irmos atrás de conhecimento, se você pode contratar um profissional bom, isso seria perfeito, mas se você não pode, você mesma pode procurar ler e buscar o conhecimento que precisa para fazer as alterações necessárias na sua casa, não é nada difícil, mas precisamos conhecer as técnicas.
O Feng Shui, embora pareça complexo, ele não é, mas existem muitos detalhes que precisam ser analisados caso a caso e no local.
Uma dica que é muito interessante, é a questão da posição da nossa cama, porque ali passamos pelo menos 8 horas diárias.
Hoje em dia é comum o uso de cama box sem uma cabeceira, a cama encostada direto na parede. Isso não é bom, porque quando dormimos precisamos nos sentir seguros e no Feng Shui, esse é o nosso lado tartaruga, essa área de trás de sua cabeça. Ela tem que ser sólida.

Reparem nessa cama box encostada direto na parede



Agora olhem essa cama box, mas com uma madeira atrás imitando uma cabeceira, reparem nas fotos e vejam como essa traz mais aconchego e proteção do que a outra, que é linda também.





Esse quarto já transmite uma espécie de sufocamento, não porque é pequeno, mas essa parte de cima da cabeceira da cama dá uma sensação que a qualquer momento pode despencar na cabeça. Inconscientemente a pessoa que dorme aqui não relaxa e repousa.
 




A área da frente da cama é o aspecto Fênix, tem que ter um bom espaço no pé, ou seja, um espaço para a Fênix voar.


É sempre bom estarmos atentos a esses detalhes. 
Até no momento me recordei de um caso, que ilustra a interferência de vários fatores externos na nossa saúde e harmonia.
Tínhamos um tio radiestesista, e ele localizava os poços artesianos com tamanha precisão, que era solicitado no Brasil inteiro para passar o instrumento radiestésico no local e verificar o encontro melhor dos veios d'água para perfurar. 
Esse tio tinha uma senhora, vizinha dele, que estava bem de saúde e ela precisou vender o apartamento onde morava e foi morar com o filho numa casa. Passado um tempo, ela começou a adoecer, e muito rapidamente, sem que os médicos conseguissem dar um diagnóstico preciso. Ela sentia fortes dores pelo corpo, estava emagrecendo e definhando, bem magrinha. Um dia esse tio encontrou o filho dela e perguntou sobre a dona Lourdes e ele disse que ela não estava nada bem, estava muito doente. Nosso tio foi visitá-la e passou a mola para verificar o local onde a cama dela estava instalada. 
Foi assim que ele verificou que ela estava dormindo em cima de um charco, e para  melhorar era preciso mudar a cama de local, ou se não fosse possível, neutralizar essa energia que a estava prejudicando.
Bem, resumindo, as alterações foram feitas e a dona Lourdes se curou, começou a engordar e não teve mais as dores pelo corpo.
Portanto gente, existem sim muitas interferências que nos prejudicam, e conhecendo um pouco de tudo isso, é imprescindível que façamos mudanças, para abrirmos a nossa mente e conhecer a beleza da decoração  e a harmonia de um lar, não só pelos objetos que colocamos, mas como um contexto muito mais amplo de beleza e harmonia, afinal não adianta termos uma linda casa, com uma decoração belíssima, se a nossa saúde, bem estar e equilíbrio estiverem afetados por aspectos internos e externos que muitas vezes nem conhecíamos.
Existem muitas revistas, reportagens e artigos ligados a Feng Shui, mas o Feng Shui inúmeras vezes é desvirtuado do seu significado principal e verdadeiro, levando à descrenças por parte das pessoas que possam entendê-lo como superstição, bem como a radiestesia e radiônica.
Fica aqui a dica para quem quiser conhecer mais, e até fazer cursos que aprofundarão os conhecimentos nessa área. 
Visitem o site do professor Raul de Sorôa, http://www.fengshui.com.br, que conhece profundamente o assunto. Vocês vão gostar!

Abaixo temos um vídeo que dá uma noção também sobre o Feng Shui. Assistam!




Beijos e um ótimo final de semana para todos.

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” (Fernando Pessoa)








2 comentários:

  1. Procuro seguir os ensinamentos desta filosofia milenar em minha casa, tudo que é para o bem, só pode fazer bem!bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá Bia, que saudades! Sempre gostei de Feng Shui,essa sabedoria que nos ensina tantas coisas boas, né mesmo? Adorei sua narrativa, sempre clara e gostosa de ler. Amanhã vejo o vídeo no ITS, minha Net é leeeeeeeeeeenta! rsrsrsrs bj gd e uma linda semana.

    ResponderExcluir

Olá, amo comentários!
Mas, desculpe-me se demorar em responder, a minha vida é uma correria e no tempo livre faço essas postagens que compartilho com você com muito carinho.
Obrigada pela sua visita, seja sempre bem-vindo (a)!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...